Pombal – Para dinamizar o Centro Histórico

Exposição “Chapéus Pombalinos” oferecida por instituições, lojistas e comunidade educativa


Pombal 97 fm / Cultura – Dinamizar e embelezar o Centro Histórico de Pombal é o objectivo da exposição “Chapéus Pombalinos” promovida por 36 participantes.
O embelezamento e a dinamização do referido Centro Histórico, ajudam a torna-lo mais atractivo e colorido, e a mostra é executada pela comunidade educativa, por instituições, por lojistas e pelo Serviço Educativo do Museu, segundo informa o Município de Pombal.
A iniciativa, refere a autarquia, está inserida no projecto ‘Chegada da Primavera ao Centro Histórico’, e realiza-se no âmbito das comemorações dos 250 anos da atribuição do título de Marquês de Pombal a Sebastião José de Carvalho e Melo.
“Pretende, também, evidenciar o impulso dado pelo Marquês de Pombal à indústria de chapelaria no concelho e evocar a produção da Real Fábrica de Chapéus da Gramela, onde funcionou a primeira fábrica de chapéus finos do Reino, construída em 1759”.
A exposição, que resulta do trabalho de 36 participantes, decora as ruas do Centro Histórico, “enchendo-as de arte, cor e cultura, e transformando-as numa galeria de arte temporária”.
Entre os vários participantes neste projecto encontram-se a Associação de Pais e Educadores Para a Infância de Pombal - APEPI, os ATL’s das freguesias do Carriço, do Louriçal, de Vila Cã, da Pelariga, de Almagreira, da Ilha e da Mata Mourisca, a Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadão Inadaptados de Pombal - Cercipom, as Escolas Básicas do 1º Ciclo do Conde de Castelo Melhor, do Barrocal, de Pombal, de Santiago de Litém e de Vila Cã, a Universidade Sénior de Pombal e a Associação de Artesãos de Pombal.

97FM - Pombal Vértice Luminoso