Pombal – Para implementar o projecto L.U.I.S.A.

Protocolo é assinado na sexta-feira entre o Município e a Misericórdia da Redinha


Pombal 97 fm / Sociedade – O Auditório Municipal de Pombal foi o palco escolhido para receber, na sexta-feira, a partir das 11h00, a cerimónia de assinatura de um protocolo entre o Município pombalense e a Santa Casa da Misericórdia da Redinha.
Trata-se de um protocolo de cooperação que visa a implementação do projecto L.U.I.S.A. - Unidade de Intervenção e Apoio no Luto, “iniciativa de inovação social composta por uma equipa multidisciplinar que tem, como objectivo fulcral, criar um serviço de proximidade com uma intervenção diferenciada no processo de luto, diagnóstico de doença oncológica e/ou traumas”, explica a Câmara Municipal, “investidor social na intervenção e apoio no luto”.
No âmbito do referido acordo “e enquanto investidor social”, o Município pombalense “assume o compromisso de apoiar na divulgação das acções/actividades, participar nas acções adequadas ao serviço prestado por cada investidor social e apoiar na disseminação dos resultados e do impacto social”.
Este é um projecto inovador, que terá uma duração de três anos, sendo cofinanciado pela autarquia em mais de 25.500 euros, importância correspondente a 20% do valor global do investimento.
Refira-se que, para além do Município de Pombal, o projecto também conta, como investidores sociais, com as Juntas de Freguesia de Pombal, da Redinha, da Pelariga, de Abiúl e de Vila Cã, e a União de Freguesias de Santiago de Litém, São Simão de Litém e Albergaria dos Doze e, ainda, a Comissão Social da União de Freguesias da Guia, Ilha e Mata Mourisca, as empresas PombalGest e Policlínica de Pombal, e a Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Pombal. 
 

97FM - Pombal Vértice Luminoso