Leiria – Liderada pelo Instituto Politécnico

“Regional University Network - European University” aprovada pela Comissão Europeia


Pombal 97 fm / Ensino – A Comissão Europeia deu o seu parecer favorável à oficialização da Universidade Europeia “Regional University Network”, que é liderada pelo Instituto Politécnico de Leiria (IPL).
A aprovação da candidatura da “Regional University Network - European University” (RUN-EU), no âmbito da iniciativa ‘Universidades Europeias’, permite a atribuição de um financiamento do programa ‘Erasmus ’.
A nova universidade europeia congrega instituições de ensino superior de seis países que, além do IPL inclui, como membros fundadores, o Politécnico de Cávado e do Ave (de Portugal), o Limerick Institute of Technology e o Athlone Institute of Technology (ambos da Irlanda), a Széchenyi István University - SZE (da Hungria), a Häme University of Applied Sciences HAMK (da Finlândia), a NHL Stenden University of Applied Sciences (da Holanda) e a FH Vorarlberg University of Applied Sciences (da Áustria).
Segundo informa o IPL, “as oito instituições de ensino superior que integram esta nova universidade europeia irão desenvolver, em conjunto, diversas acções de ensino-aprendizagem, através da disponibilização, aos estudantes, de diferentes programas internacionais (curta duração e e-learning), além da implementação de projectos de cooperação internacional no âmbito da investigação e desenvolvimento”.
No futuro, os estudantes das instituições que integram a ‘RUN-EU’ terão, ainda, a possibilidade de obter “duplas e múltiplas titulações europeias no âmbito dos programas conjuntos de formação que vierem a ser desenvolvidos”.
Com um plano de trabalho definido, numa primeira fase para três anos, a ‘RUN-EU’ vai desenvolver um extenso programa de mobilidade entre os estudantes, professores, investigadores e colaboradores, sabendo-se que tal programa prevê “a criação de mais de 80 cursos avançados internacionais, o intercâmbio de mais de 1.400 estudantes, a cocriação de 24 programas europeus de dupla titulação, assim como o desenvolvimento de programas conjuntos de licenciaturas, mestrados e doutoramentos”.
Nesta primeira fase do projecto está também incluída a realização de 500 mobilidades de professores, investigadores e corpo técnico, para promoção de actividades de desenvolvimento pedagógico, de investigação e de partilha de boas práticas.
Entretanto, e de acordo com Rui Pedrosa, presidente do IPL, “a Europa já considerou o Politécnico de Leiria como líder de uma Universidade Europeia, agora, já só falta Portugal assumir, definitivamente, a designação de Universidades Politécnicas”.

97FM - Pombal Vértice Luminoso