Pombal – Para a potenciação do sucesso escolar

Câmara Municipal garante que vai manter estratégia


Pombal 97 fm / Ensino – A Câmara Municipal de Pombal garante que vai manter a estratégia para a potenciação do sucesso escolar, no concelho.
Em nota de imprensa, o Município pombalense diz que “capacitar para o sucesso, sem menosprezar nenhuma das suas vertentes, e criar condições para que este possa ser verdadeiramente alcançável por todos” é o compromisso e o desejo para o futuro.
Esta garantia surge numa altura em que autarquia divulga o relatório sobre o projecto-piloto “Pombal 2020. Geração de Sucesso”, trabalho que resulta de uma parceria entre o Município e a Associação de Empresários para a Inclusão (EPIS), visando monitorizar e melhorar as práticas educativas, ao nível do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Trata-se de uma parceria iniciada no ano lectivo 2014/15, com a aplicação de um instrumento de rastreio, que cumpriu quatro anos de efectiva intervenção em 2018/19 em regime de projecto-piloto, “uma vez que o 1º ano de projecto envolveu procedimentos de divulgação e sensibilização junto da comunidade educativa”.
Refira-se que, ao longo do quadriénio, a adesão da comunidade escolar registou uma evolução favorável à medida que melhor conheceu e contactou com o projecto “Pombal 2020: Geração de Sucesso”.
A Câmara de Pombal conta, entretanto, que a segunda geração de rastreio, realizada em 2015/16, registou uma taxa de adesão de 83%, “facto particularmente relevante, pois permitiu a inclusão dessa amostra populacional num estudo científico recentemente publicado em Portugal, no âmbito da psicologia da Educação”.
“Para além da melhoria da performance académica dos alunos e de um envolvimento mais efectivo das famílias no processo educativo, emerge um conjunto de mais-valias, algumas quase intangíveis, que são de igual modo relevantes, pois permitiram a melhoria da articulação com a rede social, aquisição/reforço de parcerias e o estabelecimento de canais privilegiados de comunicação, cujo resultado culmina numa satisfação mais adequada e célere das necessidades identificadas na população alvo do 1º Ciclo do Ensino Básico”, frisa a autarquia.
Ao fazer um balanço final deste quadriénio, o professor Paulo Nuno Nossa, da Universidade de Coimbra e membro do Conselho Consultivo da EPIS, refere que “apesar das dificuldades inerentes à implementação de qualquer projecto-piloto, particularmente num domínio socialmente sensível como a educação, a progressiva melhoria das taxas de aprovação verificadas no concelho, mesmo que de um dígito, mercê da elevada performance já existente no concelho de Pombal ao nível do 1º CEB, demonstra que a metodologia e os instrumentos desenhados têm um conjunto de potencialidades que devem continuar a ser operacionalizadas e melhoradas, sobretudo com o confronto da informação proveniente da monitorização da performance dos alunos e da escola”.
“Reconhecidas as múltiplas vantagens de uma intervenção tão precoce quanto possível, exercida de forma continuada, nas modalidades dirigida e universal, com abordagens sistemáticas de carácter transversal, multidisciplinar e de proximidade, a metodologia EPIS foi adoptada em sede da intervenção iniciada em 2017/18 com a implementação da actividade ‘Sim (também) sou capaz’, no contexto do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria”, sublinha o professor, adiantando que “a experiência permitiu ainda que a intervenção da equipa multidisciplinar se estendesse ao 2º Ciclo, em 2018/19”.
Por seu turno, Diogo Mateus, líder do executivo municipal pombalense, garante que “o acompanhamento personalizado de alunos em risco de insucesso e de abandono escolar, e das suas famílias, continuará a ser um dos focos principais da nossa actuação, alargando-se o âmbito de intervenção a outros níveis de ensino e a outras abordagens complementares, em contexto escolar e fora do contexto escolar, visando promover competências pessoais e sociais, para uma intervenção diferenciadora e cada vez mais especializada”.
“Para o futuro, define-se um compromisso e formula-se um desejo: capacitar para o sucesso, sem menosprezar nenhuma das suas vertentes, e criar condições para que este possa ser verdadeiramente alcançável por todos”, reforça o autarca pombalense.

97FM - Pombal Vértice Luminoso