Pombal – Projecto de paisagem protegida

Associação 'Terras de Sicó' vai ter uma ‘Rede de Aldeias de Calcário’


Pombal 97 fm / Sociedade – A ‘Terras de Sicó - Associação de Desenvolvimento’ apresentou ontem, em Pombal, um projecto denominado “A dimensão cultural de uma paisagem protegida de âmbito regional”.
Trata-se de um projecto que propõe a classificação do Maciço de Sicó como paisagem protegida de âmbito regional e, também, a criação de uma rede de aldeias de calcário e, durante a cerimónia, foram esclarecidas dúvidas e recolhidos contributos da comunidade que, entretanto, foi sensibilizada para a necessidade de preservar e valorizar este património.
Na reunião foi, igualmente, discutida a delimitação proposta para o território abrangido, os fundamentos para a delimitação e o regulamento de gestão previsto, com Luis Matias, presidente da ‘Terras de Sicó’, a adiantar que a preservação da paisagem “se insere numa estratégia de desenvolvimento local”, sublinhando que “a paisagem por si é certamente a questão da valorização do património ambiental paisagístico e da preservação da biodiversidade, que é um elemento diferenciador do território”.
Também presidente do Município de Penela, Luis Matias deu conta de que a Serra de Sicó tem “um conjunto de fragilidades e de características que mereciam ter esta classificação para que os municípios, de uma forma integrada, a possam preservar, conservar e valorizar, de forma sustentável”.
O líder da ‘Terras de Sicó’ frisou, entretanto, que “alguma parte do maciço já fazia parte da Rede Natura, outra não, mas, agora, o que ficamos é com uma ferramenta que nos permite gerir, de forma integrada e coordenada entre os vários municípios, tudo o que tem a ver com o nosso tecido calcário”.
No âmbito desta estratégia, a associação vai apresentar, dentro de dias, o projecto destinado à criação da rede de aldeias de calcário sabendo-se que, numa primeira fase, serão envolvidas seis localidades, uma por cada um dos seis concelhos integrantes da ‘Terras de Sicó’.
Luís Matias revelou, depois, que se encontram já definidos os “roteiros, recursos naturais, ambientais e culturais de cada uma, e um programa de actividades” para cada uma das aldeias que foram seleccionadas, de entre um conjunto inicial de doze localidades, uma escolha efectuada com base nas características de cada uma das aldeias, valorizando “basicamente aquelas que melhor tinham preservado a sua identidade cultural e os edifícios e dentro daquilo que era a sua dinâmica sócio-cultural e algumas características naturais”.
Segundo Luis Matias, o projecto de reabilitação urbana está a ser elaborado com meios próprios da associação e de cada um dos municípios associados, considerando que o projecto da criação das aldeias de calcário tem “todas as condições para poder também beneficiar dos programas de investimento e incentivo que possam existir para a defender, portanto, de estratégia de existência colectiva, como se está a ter”.
A estratégia de desenvolvimento do maciço de Sicó envolve, também, a criação de mercados de produtos agroalimentares e de gado, no âmbito de candidaturas [já aprovadas] ao ‘Programa de Desenvolvimento Rural 2020’.
A associação é constituída por seis concelhos - Alvaiázere, Ansião e Pombal (no distrito de Leiria) e Condeixa-a-Nova, Penela e Soure (no de Coimbra) - com uma área aproximada de 1.500 quilómetros quadrados.
 

97FM - Pombal Vértice Luminoso