Leiria – Acto eleitoral decorreu no sábado

Rui Rocha regressa à presidência da Distrital leiriense do PSD


Pombal 97 fm / Politica – Alguns meses depois de se ter demitido da liderança da Distrital de Leiria do PSD, por discordar das escolhas feitas por Rui Rio, líder nacional do partido, para a constituição da lista de Leiria candidata às eleições legislativas, eis que Rui Rocha está de regresso.
Depois de se ter demitido em Agosto, o antigo presidente da Câmara Municipal de Ansião voltou a ser eleito como presidente da Comissão Distrital do PSD de Leiria, depois de ter obtido 556 votos favoráveis, contra os 284 conseguidos por Luis Filipe Silva, presidente da Concelhia de Figueiró dos Vinhos, o outro candidato.
Na hora da eleição, o ansianense Rui Rocha explicou que se recandidatou por entender que o “projecto que tinha vindo a corporizar não estava ainda concluído” e porque sentiu o “apelo de muitos companheiros para continuar a dar corpo a esse projecto”.
Sobre a vitória alcançada revelou-se satisfeito “por ter a oportunidade de, de forma despretensiosa, poder voltar a contribuir” para reforçar o PSD no distrito, destacando que, do seu ponto de vista, “ficou demonstrado que na política ainda devemos ter valores e ética” e que “não nos devemos servir dos partidos para outros objectivos”.
O presidente da distrital considerou que os resultados das legislativas "foram elucidativos daquilo que é o PSD na região, tendo Leiria sido um dos quatro distritos onde o PSD venceu". Entende, por isso, que pode liderar “um projecto maior no distrito de Leiria”.
Para já, garante que um dos seus principais objectivos passa por “reconquistar a Câmara de Leiria e mais juntas de freguesia”, entendendo que “a política e o partido precisam de uma transformação” e afirmando-se disposto em participar “no desafio de estruturação do partido, para que se possa afirmar no País”.
Rui Rocha sublinha que o partido “tem de repensar e perceber quais as expectativas na cidade e no País. Os resultados das últimas eleições foram um dos piores da história do PSD, mas também foram elucidativos para mostrar que é o único partido que pode ser alternativa em Portugal, e Leiria também pode dar o seu contributo nacional”.

97FM - Pombal Vértice Luminoso