Condeixa-a-Nova – No âmbito do Programa ABEM

Protocolo já permitiu ajudar 62 munícipes na aquisição de medicamentos


Pombal 97 fm / Saúde – Um protocolo assinado entre o Município de Condeixa-a-Nova e a Associação Dignitude, a que aderiram os estabelecimentos farmacêuticos do concelho, já permitiu apoiar 62 munícipes na compra de medicamentos.
O apoio, que se insere no âmbito do Programa ABEM: Rede Solidária do Medicamento, ofereceu tal ajuda aos 62 condeixenses, entre os passados meses de Janeiro e Julho, segundo adianta a autarquia, cujo presidente, Nuno Moita da Costa, sublinha que as despesas com medicamentos representam, “em muitas situações, uma parte muito significativa do rendimento familiar, em particular nos casos dos idosos que se vêm confrontados com enormes dificuldades para garantir a compra dos medicamentos de que necessitam”.
Nuno Moita destaca, depois, que “foi a pensar neles que, em boa hora, iniciámos este programa que pretende garantir que ninguém fica sem assistência medicamentosa por falta de recursos financeiros”.
A Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova refere que, em condições de recurso, são aplicadas as mesmas condições do Programa de Emergência Social da autarquia, o que permite abranger os agregados familiares mais vulneráveis e cuja situação possa enquadrar-se no referido Programa ABEM. Porém, a capitação do rendimento ‘per capita’ não pode ultrapassar 70% do IAS - Indexante de Apoios Sociais (o equivalente a 305,032 euros).
O cartão de beneficiário do programa tem a validade de um ano, podendo ser renovado todos os anos desde que as condições se mantenham. Para essa renovação, os interessados deverão recorrer ao Serviço de Acção Social da Câmara Municipal.
As candidaturas a estes benefícios podem ser feitas ao longo do ano e o protocolo, recordamos, foi assinado em Outubro do último ano, sabendo-se que a comparticipação do Município condeixense para o fundo é de 100 euros anuais, por cada munícipe registado na Rede Solidária.

97FM - Pombal Vértice Luminoso