Pombal – Agricultores concentram-se na quarta-feira

Estragos feitos por javalis levam agricultores da região até à DRAP Centro


Pombal 97 fm / Agricultura – Os elevados estragos provocados pelos javalis, no concelho de Pombal e em outros vizinhos, obrigam os agricultores a concentrarem-se na próxima quarta-feira, dia 17.
A concentração vai ter lugar, às 10h30, junto à porta da Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAP Centro), e nela vão marcar presença agricultores oriundos de alguns concelhos da Região Centro - com muitos deles oriundos do concelho de Pombal -, que tão afectados têm sido pelos danos causados na sua agricultura, principalmente por javalis mas, também, por corças e veados.
Esta reunião - “para protestar contra a situação e reclamar…” - conta com os apoios da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), da Associação Distrital de Agricultores de Coimbra (Adaco), da Associação dos Baldios e Agricultores da Região de Viseu (Balagri) e da União dos Agricultores do Distrito de Leiria (UADL).
Os agricultores lesados dirigem os seus protestos contra o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), o Ministério da Agricultura, o Governo e outros órgãos de soberania, exigindo indemnizações “e outras medidas urgentes” destinadas a acudir ao “grave problema dos prejuízos provocados à agricultura”, nomeadamente nas culturas hortícolas, milharais, pomares, olivais ou vinhas e, ainda, a nova floresta.
Uma nota oriunda da CNA dá conta de que “são avultados e consecutivos tais prejuízos, em especial provocados por javalis e, nalguns casos, também por veados e corças”, realçando que as populações destes animais “estão fora de controlo em extensas regiões”.
O documento indica, igualmente, que muitos pequenos e médios agricultores têm sido bastante “castigados por essas pragas”, pelo que, assumem, “não podem continuar a produzir”, algo que, naturalmente, implica a “redução da produção agrícola regional e nacional”.
No comunicado poe ler-se, ainda, que existe o “perigo real de se precipitarem problemas graves com a falta de sanidade destes animais, com especial destaque para a peste suína africana”.
Tratando-se de “uma situação descontrolada”, os agricultores reforçam a ideia de ser necessário que o ICNF, o Ministério da Agricultura e o Governo intervenham, com urgência, visando uma correcção adequada “a todos os níveis e âmbitos”.

97FM - Pombal Vértice Luminoso