Pombal – Através do Despacho 10.958/2018

Grupo Protecção Sicó já tem estatuto de ‘Utilidade Pública’


Pombal 97 fm / Ambiente – O Grupo Protecção Sicó (GPS), sedeado em Pombal, viu ser-lhe atribuído o estatuto de ‘Utilidade Pública’.
A novidade foi já publicada em Despacho (nº 10.958/2018) inserto no Diário da República 227/2018, Série II, do passado dia 26 de Novembro. A atribuição de tal estatuto é, para a direcção do GPS, “mais um reconhecimento do trabalho desenvolvido nos últimos 21 anos”.
No Despacho assinado pela Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel de Lemos Leitão Marques, lê-se que o GPS “vem desenvolvendo, desde 1997, a sua actividade na área da defesa do ambiente e da conservação da natureza, designadamente através da prática da Espeleologia, bem como de outras actividades de ar livre”.
O GPS “corresponde a uma organização não-governamental de ambiente, inscrita em 18 de Abril de 2012 no Registo Nacional das ONGA e Equiparadas com o estatuto de ONGA de âmbito local”, refere o Despacho, segundo o qual “na prossecução dos seus fins, o Grupo Proteção Sicó tem cooperado prioritariamente com a Administração Local da comunidade onde se insere”, adiantando que a Agência Portuguesa do Ambiente “proferiu o parecer favorável”.
“Estamos todos de parabéns”, sublinha a direcção do GPS, que agradece “a todos os seus sócios, familiares, amigos, associações e instituições públicas e privadas, que ao longo dos anos da sua existência, prestaram, de alguma forma, o seu apoio e contributo e/ou que tenham participado de qualquer forma nas suas actividades organizadas, contribuindo assim para a concretização e prossecução contínua dos seus fins estatutários”.
O GPS, recorde-se, é membro da Federação Portuguesa de Espeleologia e da Federação Portuguesa de Montanha e Escalada.

97FM - Pombal Vértice Luminoso