Ansião – Centro de Saúde está doente…

Sindicato dos Médicos alerta para a existência de vários problemas nas instalações


Pombal 97 fm / Saúde – O Centro de Saúde de Ansião está bastante doente e, por isso, a necessitar de tratamentos urgentes.
O Sindicato dos Médicos da Zona Centro (SMZC) denunciou, esta semana, a falta de condições de segurança e de trabalho no referido Centro de Saúde, “com riscos para a saúde”.
Esta conclusão surgiu logo após uma visita realizada às instalações, com o SMZC a constatar “uma situação deveras preocupante que põe em causa a segurança de profissionais e utentes da sede da UCSP [Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados] de Ansião, além de constrangimentos ao funcionamento da saúde pública, que aí tem uma médica colocada a trabalhar nas mesmas instalações”.
Em nota de imprensa, o SMZC diz existirem “diversas salas onde há infiltrações de água” e que, “quando chove, pinga, levando ao uso de baldes e plásticos para protecção dos equipamentos e dos materiais existentes”. Na nota é referido, ainda, que, em consequência das infiltrações, “existe uma proliferação acentuada de fungos a nível de tectos e paredes de diversas salas (nomeadamente a da saúde infantil), com odor acentuado, e cujos esporos são libertados no ar, podendo condicionar patologia respiratória alérgica/infecciosa grave”.
O Sindicato revela, ainda, “a ausência de manutenção dos equipamentos de ar condicionado há quatro anos” e, também, a falta de pessoal “administrativo para dar apoio às actividades da médica delegada de Saúde Pública que aí exerce”. Constata, igualmente, a existência de “gabinetes pequenos onde com uma maca, fundamental para observação dos doentes, se torna praticamente impossível circular, a sala de esterilização com funcionamento condicionado por infiltrações de água e o gabinete e os processos da Saúde Pública, que se encontram terrivelmente danificados pela existência de fungos, não permitindo trabalhar no gabinete ou aceder aos processos pelo risco para a saúde que apresentam”.
Refira-se que o Centro de Saúde de Ansião foi inaugurado em 1992, “já com algumas deficiências de desenho que comprometem o atendimento”. A partir daí, a manutenção do imóvel “tem sido praticamente inexistente, apesar de persistentemente serem comunicados os problemas ao director executivo do Agrupamento dos Centros de Saúde (ACES) do Pinhal Interior Norte”, cuja resposta ainda não foi obtida, segundo o SMZC.
Entretanto, o Sindicato já pediu, à Administração Regional da Saúde do Centro, uma reunião destinada a discutir as situações relatadas e conclui: “É indigno não existir resolução, a breve prazo, numa região carenciada em que os médicos de família continuam a assegurar a sua actividade em prol dos utentes que servem”.

97FM - Pombal Vértice Luminoso