Leiria – Inclusão além-fronteiras

Politécnico promove projectos de cooperação em Cabo Verde e no Brasil


Pombal 97 fm / Sociedade – Promover a inclusão além-fronteiras é o objectivo de alguns projectos promovidos pelo Instituto Politécnico de Leiria (IPL).
Nesse sentido, o IPL está a promover “as boas práticas para a inclusão social além-fronteiras”, por intermédio da equipa do Centro de Recursos para a Inclusão Digital (CRID) da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais da instituição, que se encontra em Cabo Verde.
Célia Sousa, coordenadora do CRID, está neste país africano como consultora do governo cabo-verdiano, para dar formação a docentes na área das tecnologias de apoio na educação inclusiva, no âmbito de um projecto destinado à inclusão e à acessibilidade, financiado pelas Nações Unidas.
Considerado como “um modelo de boas páticas internacional no que toca a inclusão, sendo-lhe reconhecido um ‘know-how’ e trabalho feito únicos a favor da sociedade”, o CRID participará, ainda, como orador convidado, na “1ª Conferência Internacional para a Inclusão” subordinada ao tema “A deficiência no centro da atenção”, cuja organização pertence ao governo cabo-verdiano e à Associação Colmeia - Associação de Pais e Amigos de Crianças e Jovens com Necessidades Especiais, com a qual o IPL tem um protoloco de cooperação desde 2016, oferecendo apoio na elaboração da documentação em braille e, também, às pessoas cegas que participarão na conferência.
Também no Brasil, no “VI Encontro Nacional de Acessibilidade Cultural”, a ter lugar no Rio de Janeiro, a coordenadora do CRID e Carla Freire, coordenadora no mestrado em Comunicação Acessível daquela escola do IPL, marcarão presença no evento, na qualidade de oradoras convidadas, a convite da Universidade Federal da referida cidade brasileira.




--------------------------

 

97FM - Pombal Vértice Luminoso