Leiria – Unidos contra o aumento de tarifários

Intenção da Valorlis não foi aceite pelos Municípios que integram a sociedade


Pombal 97 fm / Ambiente – Os seis Municípios da região de Leiria que integram a Valorlis, manifestaram-se contra o aumento de tarifários proposto por esta sociedade de valorização e tratamento de resíduos sólidos.
Através de uma nota enviada pela Câmara Municipal da Batalha, ficou a saber-se que os representantes dos seis Municípios, que são accionistas da Valorlis, estão contra a proposta de aumento dos valores dos tarifários, proposto para o próximo ano.
Segundo o documento, as referidas autarquias - da Batalha, de Leiria, da Marinha Grande, de Ourém, de Pombal e de Porto de Mós -, que representam 49% do capital social da empresa gestora do Sistema Multimunicipal de Tratamento e Valorização de Resíduos Sólidos Urbanos da Alta Estremadura, “opõem-se à proposta, apresentada pela empresa, de valores a vigorar já em 2019 e projectados para 2021, que, de forma acumulada no período regulatório, representam um aumento de 85%”. Refira-se que o accionista maioritário da Valorlis é a Empresa Geral de Fomento.
A nota enviada pelo executivo camarário liderado por Paulo Batista dos Santos, indica que “os valores propostos, respectivamente de 36,04 euros por tonelada ( 36,6% face a 2018) para vigorar no ano de 2019, 46,83 euros/tonelada para 2020 ( 77,5% face a 2018) e 48,95 euros/tonelada para 2021 ( 85,6% face a 2018) correspondem, de forma acumulada, a um acréscimo, sem justificação, de mais 22,57 euros/tonelada, face ao valor da tarifa fixado para 2018, de 26,38 euros/tonelada”.
O documento refere, depois, que, para as seis autarquias abrangidas, “a que corresponde uma população servida superior a 300 mil habitantes, os novos tarifários foram apresentados sem observar os termos da recente alteração do regulamento tarifário do serviço de gestão de resíduos urbanos”.
Para além disso, os Municípios evidenciam uma “grande preocupação pela degradação da qualidade do serviço de recolha selectiva dos ecopontos realizado pela Valorlis”, uma valência que, revelam, “apresenta níveis de degradação sem paralelo recente”.


(Texto escrito com a antiga grafia)

 

97FM - Pombal Vértice Luminoso