Edição 2018 do Sete Sóis Sete Luas chega ao fim

Mural perpetua 25 de Abril em Pombal


Pombal 97 fm / Cultura – É esta noite que chega ao fim mais uma edição do festival Sete Sóis Sete Luas, em Pombal. A despedida acontece ao som das músicas do mundo, com a apresentação da banda “Les Voix des 7 Lunes”, que reúne músicos de Portugal, Israel, Sudão e Ilha de Reunião. O espectáculo está agendado para as 21h30, na Praça Marquês de Pombal.
 
Esta edição do festival arrancou já no mês de Junho, com uma residência artística do italiano Eron, que acabou por criar um mural numa parede em frente à Estação de Comboios de Pombal. A obra, com o título “Revolução dos Cravos”, pretende homenagear o 25 de Abril, estando propositadamente voltada para a Praça que tem o nome de Salgueiro Maia. 
 
Eron apostou num conceito minimalista e poético, de forte impacto visual e emotivo. Utilizando apenas tinta spray, pintou, num estilo muito realista, uma janela, através da qual se vê um vaso com cravos vermelhos e se vislumbra o vulto de uma mulher idosa, que observa algumas pombas que passam no exterior. As pombas são propositadamente coloridas, simbolizando os conceitos de paz, harmonia, convivência, hospitalidade, liberdade e serenidade. 
 
Eron é um dos mais interessantes artistas italianos no cenário da arte urbana e da pintura contemporânea, tendo sido o primeiro artista do mundo a levar a arte urbana ao interior de um local sagrado, pintando uma grande obra no tecto de uma igreja de Rimini (Itália). Em 2008 realizou aquele que é considerado um dos maiores graffittis do mundo, em Milão, e já exibiu os seus trabalhos em grandes museus e galerias de arte do mundo. Pombal conta, a partir deste Verão, também com uma obra sua.
 
 
 

(Texto escrito com a antiga grafia)

 

97FM - Pombal Vértice Luminoso