Região Centro – Para homenagear as vítimas dos incêndios

Onze concelhos recebem “1º Festival Literário Internacional do Interior”


Pombal 97 fm / Homenagem – Onze concelhos da região Centro de Portugal vão receber o “1º Festival Literário Internacional do Interior” (FLII), nos próximos dias 15, 16, 17 e 18.
O objectivo desta iniciativa da Arte-Via - Cooperativa, Artística e Editorial passa por homenagear as vítimas dos incêndios florestais ocorridos há cerca de um ano, nos concelhos de Arganil, Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos, Lousã, Miranda do Corvo, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Pedrógão Grande, Penela, Sertã e Tábua.
O certame, de carácter inovador por se tratar de uma acção intermunicipal, pretende “levar os livros e os escritores aos sítios mais inesperados e imprevisíveis, como fábricas, campos, praias, locais onde as pessoas trabalham e convivem”, explica a escritora e presidente da entidade promotora, Ana Filomena Amaral.
O “FLII - Palavras de Fogo” que visa, ainda, celebrar os 18 anos da cooperativa cultural e os 28 anos da queda do Muro de Berlim, é constituído por um grupo coordenador que integra Ana Filomena Amaral, Fátima Cabral (professora), Pedro Mexia e José Luís Peixoto (escritores), envolvendo as bibliotecas municipais, redes de bibliotecas escolares, agentes de desenvolvimento e talentos locais dos concelhos envolvidos.
O festival será preenchido com palestras, concursos, ‘workshops’, leituras, feiras do livro, espectáculos, performances musicais e exposições, contando com a participação de diversos escritores nacionais e estrangeiros.
Na vila de Figueiró dos Vinhos, o evento contará com intervenções e conversas de Luís Sepúlveda (Literatura), Mempo Giardinellie (Literatura/Jornalismo), Manuel Pedroso Marques (Literatura/Administração e Presidência de Meios de Comunicação), Pedro Mexia (Poesia/Crítica Literária), Sibila Serdarevic (Editora Fraktura), as leituras de Júlia Wong e Jorge Reis-Sá (ambos em Poesia), as apresentações dos livros “Subsídios para a História do Xadrez em Portugal”, de Daniel Gonçalves Quintã (federado em Xadrez), “Todos os Caminhos”, de Clara Pinto Correia, e “Só Acontece aos Outros” de Maria Antónia Palla (Jornalismo) e, ainda, um workshop de Escrita Criativa com Rosário Alçada Araújo (Literatura Infantil).
Figueiró dos Vinhos contará, também, com momentos de música, por Nuno Sá (da Orquestra Consequência e da Filarmónica Figueiroense), com um “Foto Paper” da responsabilidade de Sónia Henriques, com uma caminhada solidária promovida pelo CLDS 3G - Agir Sempre e com a exibição do filme “A rapariga que roubava livros”. Ao mesmo tempo, o comércio figueiroense envolver-se-á no evento através da decoração de montras alusivas à temática do festival.
A programação escolhida para o “FLII - Palavras de Fogo” inclui, também, a inauguração de uma residência de escritores, em Castanheira de Pêra, que conta, neste momento, com o apoio de várias residências congéneres nacionais e internacionais.
Segundo Ana Filomena Cabral, o festival conta com o patrocínio da Presidência da República e a organização quer dar continuidade ao projecto - realizando-o anualmente -, numa lógica de “envolvimento sinergético dos recursos da região do interior centro, permitindo, então, rentabilizá-los e potenciá-los num esforço conjunto de superar as adversidades e onde os livros e as palavras farão, novamente, renascer a côr por entre o negrume”.
A abertura do festival vai ter lugar em Castanheira de Pêra, enquanto o seu encerramento decorrerá em Oliveira do Hospital.


(Texto escrito com a antiga grafia)

97FM - Pombal Vértice Luminoso