Leiria – Comunistas lamentam situação

Direcção da Organização Regional do PCP fala sobre fogo de Pedrógão Grande


Pombal 97 fm / Politica – A Direcção da Organização Regional de Leiria do Partido Comunista Português (DORLEI), expressa a sua consternação pela perda de vidas na catástrofe que assolou o concelho de Pedrógão Grande.
Em nota de imprensa, os comunistas leirienses expressam os seus “pêsames e sentimentos de solidariedade a todos os familiares e amigos das vítimas” e sublinham, valorizando, o “abnegado e corajoso trabalho dos bombeiros e de outros profissionais da protecção civil, realizado em condições atmosféricas manifestamente difíceis e profundamente adversas à missão de combate a incêndios”.
Prosseguindo, a DORLEI considera que as autoridades competentes, nomeadamente o Governo português, “devem tomar todas as medidas adequadas à gravidade da situação e decidir, celeremente, de todos os apoios do Estado possíveis para apoiar os que perderam os seus entes queridos, as suas habitações, explorações agrícolas, florestais ou outros bens materiais”, informando que envidará esforços imediatos para, “por via do Grupo Parlamentar do PCP na Assembleia da República e dos Deputados do PCP no Parlamento Europeu, avaliar e canalizar todos os apoios que possam fazer frente aos prejuízos e danos resultantes da tragédia”.
Nesse sentido, uma delegação da DORLEI deslocou-se esta segunda-feira às áreas afectadas “para avaliar das consequências desta tragédia e das medidas a serem tomadas”, enquanto o deputado Bruno Dias integrará uma delegação parlamentar “com o objectivo de avaliar a situação no terreno”.
“A tragédia vivida, mais do que servir para dirimir argumentos sobre responsabilidades, deve obrigar à reflexão imediata e à decisão sobre medidas em três aspectos essenciais”, refere a estrutura comunista de Leiria, aludindo aos meios que a Protecção Civil tem ao seu dispor para o combate aos incêndios, “tendo em conta o quadro climatérico que será, previsivelmente, bastante adverso, nomeadamente quanto a investimentos em meios terrestres e aéreos e outros equipamentos colectivos... as condições de intervenção dos operacionais que estarão no terreno durante as fases mais agudas da época de incêndios” e o trabalho de prevenção de incêndios e defesa da floresta.
De acordo com a DORLEI “é necessário inverter o esvaziamento humano de estruturas da Administração Central e a rarefação de meios financeiros para a floresta e para o apoio à actividade agrícola”, reiterando, por isso, a sua “condenação do encerramento de vários serviços da Direcção Regional de Agricultura no Distrito de Leiria”.


(Texto escrito com a antiga grafia)

 

Te~ | 2017-06-28 | 20:30 - 00:00
Teatro-Cine de Pombal | 2017-06-29 | 20:30 - 00:00
Almagreira | 2017-06-29 a 2017-07-02
Albergaria dos doze | 2017-06-29 a 2017-07-02
2017-06-30 a 2017-07-02
97FM - Pombal Vértice Luminoso