Leiria – Liderado pelo Instituto Politécnico

Projecto “Amália” seleccionado pela Comissão Europeia para representar os “Blue Labs”


Pombal 97 fm / Sociedade – Um projecto europeu, liderado pelo Instituto Politécnico de Leiria (IPL) acaba de ser seleccionado, pela Comissão Europeia, para representar o mecanismo “Blue Labs - Innovative solutions for maritime challenges” no Dia Marítimo Europeu.
A selecção do projecto ocorreu durante uma sessão sobre “Crescimento Azul”, que teve lugar em Poole, no Reino Unido.
Presente na sessão esteve Marco Lemos, investigador e coordenador do “MARE-IPL - Marine and Environmental Sciences Centre”, que apresentou o projecto “Amália - Algae-to-MArket Lab IdeAs”, que pretende transformar as algas invasoras, uma actual ameaça dos oceanos, numa oportunidade.
Além do “Amália”, a sessão contou, ainda, com a presença do projecto “Blue Careers” e um “Blue Technology”.
“Demonstrar como ideias originais podem estimular a inovação na economia azul, ultrapassando as limitações apontadas em 2014 pela Comissão, no documento ‘Innovation in the Blue Economy’, por se focarem em três áreas chave: competências, criatividade e tecnologia”, foi o principal objectivo da sessão, organizada pela Comissão Europeia.
O “Amália”, coordenado pelo “MARE-IPL”, unidade de I&D do Politécnico de Leiria, e que envolve instituições de Portugal, Espanha, Áustria e Holanda, “pretende valorizar as algas invasoras do noroeste da Península Ibérica, uma actual ameaça dos oceanos, em oportunidades”.
“Produtos alimentares inovadores, rações com potencial para estimular o sistema imunitário de peixes e camarões em aquacultura, extractos para a indústria cosmética e novos medicamentos (com acção anti-tumoral, por exemplo), são alguns exemplos de produtos a desenvolver com recurso a estas algas”, explica o IPL.


(Texto escrito com a antiga grafia)

 

Louriçal | 2017-09-24 | 09:00 - 00:00
97FM - Pombal Vértice Luminoso