Ansião – Em substituição da Feira Medieval

Freguesia de Santiago da Guarda recebe “Mercado Romano” nos dias 12 e 13 de Setembro

 

Pombal 97 fm / História – Em vez da Feira Medieval realizada nos últimos anos, a freguesia de Santiago da Guarda, no concelho de Ansião passa a receber, a partir deste ano, um “Mercado Romano”.

Trata-se de um evento que permite uma “viagem pela História” e que se encontra agendado para os dias 12 e 13 de Setembro tendo, como palco, o Complexo Monumental de Santiago da Guarda.
 
Contando, de novo, com o envolvimento das colectividades do concelho de Ansião, que disponibilizam refeições e bebidas características daquele Império, “este Mercado inicia-se na tarde de sábado, 12 de Setembro, com uma arruada de grupos musicais, a que se segue o cortejo de máscaras mitológicas, bailarinas, sacerdotes e vestais, numa procissão de coloridos trajes e encanto”.
 
Mais tarde estão, em destaque, “os treinos com aves sobre as cabeças dos escravos, numa demonstração de falcoaria e, pelas 19h00, mostras de agrado dos povos pacificados com oferendas aos deuses do Império”, refere o Município de Ansião.
 
Acepipes de boa cozinha mediterrânica ocupam a hora do jantar, num convite a uma boa refeição com família e amigos, seguindo-se, às 22h00, o treino de armas dos legionários, o que acontece depois do espectáculo “A Forja de Vulcano”, com malabares de fogo.
 
A partir do meio-dia de domingo, dia 13, após a abertura do “Mercado Romano” e “honrando os bons modos Romanos”, a tarde deste dia “é dedicada aos banhos: durante o caldário, tepidário e frigidário, em que o Patrício é banhado, há danças de vestais, combate de gladiadores, rituais de purificação, declamação de poesia, canto, música e recrutamento de milícias lusitanas para adestramento de armas”.
 
Indica a autarquia ansianense que “as bodas de Vénus com Baco são celebradas a partir das 17h00, numa carroça alegórica acompanhada por teatro de rua com comediantes e, numa batalha com hora marcada, acontece, às 18h00, a revolta de povos túrdulos e cónicos e luta com os legionários”.
 
Interpretações musicais dos povos do Império, enquanto actores e momos ridicularizam os costumes e troçam dos circunstantes, ocorrerão a partir das 19h00, enquanto saltimbancos e acrobatas exibem os seus talentos por entre os olhares da multidão antes do “Circus Máximus/Sacrifício aos Deuses”, marcado para as 21h00, uma hora antes do encerramento do evento.
 
Este “Mercado Romano” acontece em torno do Complexo Monumental de Santiago da Guarda e da sua villa Romana, descoberta apenas em 2002 sob a residência senhorial dos Condes de Castelo Melhor. O “Mercado Romano” é, também, um convite ao conhecimento do modo de vida, dos alimentos e dos trajes daquele Império.

(Texto escrito com a antiga grafia)